Anatel mantém cobrança de ponto extra em TV por assinatura

Segundo a agência, houve muitos questionamentos em relação aos artigos do regulamento sobre o tema

Luiz Raatz, do estadao.com.br,

01 Outubro 2008 | 10h30

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) manteve por mais 30 dias a cobrança do ponto extra em TV por assinatura. Em decisão publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 1, a agência prorroga por um mês a suspensão dos três artigos do Regulamento de Proteção e Defesa dos Direitos dos Assinantes dos Serviços de TV por Assinatura que tratam do tema. Segundo a Anatel, houve muitos questionamentos em relação aos artigos do regulamento e a agência optou por abrir uma consulta pública para reescrevê-los. O artigo 29 isenta a cobrança do ponto. O 30 diz que as operadoras podem cobrar o serviço de instalação, ativação e manutenção da rede interna desde que solicitados pelo assinante. O artigo 32 permite que o consumidor opte por outro serviço de instalação que não o da operadora contratada. As operadoras de TV paga possuem desde junho uma liminar que garante a cobrança do ponto extra até a manifestação final da Anatel.

Mais conteúdo sobre:
Anatel ponto extra

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.