Anatel: oito operadoras não cumpriram metas

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou ontem o balanço de novembro do desempenho das operadoras de telefonia celular em relação ao protocolo de compromisso de qualidade de serviços. Das 42 operadoras, 34 cumpriram todos os nove indicadores estabelecidos pela Anatel. As oito restantes, que não cumpriram todas as metas, tiveram índices abaixo do estabelecido pela Agência na taxa de chamadas completadas. No caso da Telerj Celular, foi a primeira vez desde janeiro que ela ficou abaixo do índice de completamento de chamadas. Neste mesmo indicador, ficaram abaixo a Global Telecom, que opera na banda B nos Estados do Paraná e de Santa Catarina, a MBT Celular, que opera na banda B na Região Norte, e as operadoras da banda A nos Estados de Roraima, Amazonas, Amapá, Pará e Maranhão. A Telemig Celular, da banda A, a Teleacre, a Telems e a Telerom, todas da banda A, melhoraram seu desempenho, passando a cumprir o índice de chamadas completadas. No caso da Americel, que opera na banda B na Região Centro-Oeste, no Acre e em Rondônia, esta foi a primeira vez desde janeiro que a operadora conseguiu cumprir todas as metas. O cumprimento das metas que constam do protocolo de compromisso da Anatel em relação aos celulares passará a ser obrigatório a partir de junho do próximo ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.