Anatel reajusta tarifas de telefonia fixa em 3%

Reajustes devem entrar em vigor na 5ª; nos serviços locais, índice é o mesmo para assinatura e para o minuto

GERUSA MARQUES, Agencia Estado

21 de julho de 2008 | 19h43

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou nesta segunda-feira, 21, os índices de reajuste da telefonia fixa, que são de 2,7651% para os serviços da Oi e de a 3,0118%, para a Brasil Telecom, a Telefônica, a CTBC e a Sercomtel (Serviço de Comunicação Telefônica). Os reajustes, que devem entrar em vigor nesta quinta-feira, serão válidos para ligações locais entre telefones fixos, ligações de fixos para celulares e também interurbanos a partir de telefones fixos.   Para aprovar o reajuste, a Anatel levou em conta a variação de 4,46% registrada no Índice de Serviços de Telecomunicações (IST) de junho de 2007 a maio de 2008. Sobre o IST foi aplicado um redutor (Fator X) que permite que sejam repassados às tarifas os ganhos de produtividade das empresas.A Anatel publica nesta terça, no "Diário Oficial da União", os porcentuais de reajuste. Os reajustes devem entrar em vigor na quinta-feira porque as empresas são obrigadas a publicar, 48 horas antes de iniciarem a cobrança, os novos valores das tarifas em jornais de grande circulação nas regiões onde atuam.Segundo o gerente de Tarifas e Preços da Anatel, Wanderli Campos, a agência não aprovou reajuste para as tarifas da Embratel, porque a empresa não entrou com pedido na agência. Nos casos de serviços locais, o índice de reajuste é o mesmo tanto para assinatura quanto para o minuto de duração da ligação.

Tudo o que sabemos sobre:
telecomunicaçõestelefoniaAnatel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.