Anatel: setor terá investimentos de R$ 250 bi até 2018

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) estima que as empresas do setor de telecomunicações investirão R$ 250 bilhões nos próximos dez anos no setor. Segundo o superintendente de Serviços Privados da agência, Jarbas Valente, esta conta inclui todos os investimentos dessas empresas, seja em expansão (por meio da compra de outorgas), seja na própria operação (melhoria de serviços, por exemplo). A Anatel incluiu nessa estimativa os investimentos a serem feitos em TV por assinatura, de comunicação multimídia, telefonia móvel, e telefonia fixa. Esse volume de investimento, se confirmado, será superior aos R$ 180 bilhões que foram desembolsados desde 1997, quando começou o processo de privatização do setor. A Anatel também projetou crescimento físico dos principais serviços de telefonia para os próximos dez anos. Assim, os acessos à telefonia fixa passariam dos cerca de 40 milhões atualmente para cerca de 55 milhões em 2018. Já o acesso à TV por assinatura triplicaria, passando dos atuais 6 milhões para 18 milhões em dez anos. Os pontos de internet rápida (banda larga) pelas operadoras de telefonia fixa, por sua vez, saltariam dos atuais 8 milhões para 40 milhões. Já a internet em alta velocidade pelo celular, que está apenas começando e hoje tem 800 mil acessos, chegaria a 125 milhões de pontos em 2018. O acesso ao celular como um todo - incluindo banda larga e não banda larga - subiria dos atuais 130 milhões para 270 milhões em 2018.

LEONARDO GOY, Agencia Estado

17 de junho de 2008 | 17h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.