Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Aneel adia novo edital para leilão

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu tirar da pauta da reunião desta terça-feira de sua diretoria a apreciação do novo edital para o leilão de concessão de 14 linhas de transmissão de energia, em um total de 2.250 quilômetros. Inicialmente, o leilão deveria ter ocorrido no dia 18 de agosto, mas foi suspenso por liminares emitidas pela Justiça. A Aneel decidiu no dia 21 de agosto lançar um novo edital, por avaliar que seria mais rápido reiniciar todo o processo do que aguardar uma decisão da Justiça. Também foi retirado da pauta da reunião a avaliação da resolução que estabelecerá a metodologia definitiva de cálculo das revisões das tarifas das transmissoras. A Assessoria de Imprensa da Aneel informou sobre a retirada dos dois itens, mas não esclareceu os motivos. Disse apenas que os técnicos da agência decidiram analisar melhor os dois assuntos. Durante o encontro, a agência vai decidir sobre os porcentuais de reajustes das tarifas de duas distribuidoras de energia de Goiás: a Companhia Energética de Goiás (Celg), que pediu um reajuste médio de 15,88%, e a Companhia Hidrelétrica São Patrício (Chesp), que solicitou aumento médio de 18,81% em suas contas. Caberá à Aneel, porém, definir os porcentuais que serão efetivamente aplicados. As novas tarifas, de ambas as empresas, começarão a valer no dia 12 de setembro.

Agencia Estado,

05 de setembro de 2006 | 09h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.