Aneel aprova novas tarifas para distribuidoras do CE, RN e SE

Enquanto redução no Ceará será de, em média, 7,61%, para Rio Grande do Norte e Sergipe, haverá aumento de, respectivamente, 6,43% e 5,93%

Eduardo Rodrigues, da Agência Estado,

17 de abril de 2012 | 12h43

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou a redução média de 7,61% nas tarifas cobradas pela Companhia Energética do Ceará (Coelce) a partir do próximo domingo, 22 de abril. A medida beneficiará cerca de 2,8 milhões de unidades consumidoras em 184 municípios cearenses. 

Para os clientes de baixa tensão, a redução será de 8,20%, enquanto para alta tensão o impacto negativo será de 6,36%. A redução nas tarifas foi ocasionada pela revisão tarifária periódica da companhia - que deveria ter sido feita em abril do ano passado - e pelo reajuste anual referente a 2012. A Coelce é a primeira distribuidora a passar pelo chamado 3º Ciclo de Revisão, aprovado em novembro de 2011, com a nova metodologia de cálculo da Aneel para as tarifas do setor.

Aumentos

A  Aneel aprovou o reajuste médio da tarifa da Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern) em 6,43%. O aumento para 1,16 milhão de unidades consumidoras do Estado entra em vigor no dia 22 de abril. Para os clientes de baixa tensão, o efeito será de 6,05% e para alta tensão o impacto será de 7,35%.

A Aneel também aprovou o reajuste anual da Energisa Sergipe (ESE) em 5,93% a partir da mesma data. Para baixa tensão, o aumento médio será de 5,12%, e para alta tensão de 7,14%.

Tudo o que sabemos sobre:
AneelenergiaCoelce

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.