Aneel autoriza aumento de tarifas para SP, PB e PR

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou um reajuste das tarifas de 11 distribuidoras que fornecem energia para municípios do interior dos Estados de São Paulo, Paraíba e Paraná. As novas tarifas entrarão em vigor no próximo domingo e, somente no caso da Companhia Energética da Borborema (Celb), passam a valer na próxima segunda-feira. Para definir os porcentuais, a Aneel levou em conta a variação de custos das empresas nos últimos doze meses. Entre eles estão os custos não gerenciáveis, como a energia comprada de geradoras, a Conta deConsumo Combustível (CCC), a Reserva Global de Reversão (RGR), a taxa de fiscalização e os encargos de transmissão, além dos e custos gerenciáveis, sobre os quais incide o IGP-M, calculado pela Fundação Getúlio Vargas.Os índices de aumento autorizados são os seguintes: Companhia Luz e Força de Mococa - CLFM: 10,10% (atende quatro municípios do interior de São Paulo). Companhia Sul Paulista de Energia - CSPE: 9,47% (atende cinco municípios do interior de São Paulo). Caiuá - Serviços de Eletricidade S.A.: 10,85% (atende 24 municípios do interior de São Paulo). Empresa Elétrica Bragantina - EEB: 11,76%.(atende 15 municípios do interior de São Paulo). Companhia Luz e Força Santa Cruz - CLFSC: 10,30%. (atende 27 municípios do interior de São Paulo). Companhia Nacional de Energia Elétrica - CNEE: 11,36% (atende 16 municípios do interior de São Paulo). Companhia Jaguari de Energia Elétrica - CJE: 8,67% (atende dois municípios do interior de São Paulo). Companhia Energética da Borborema - CELB: 14,77% (atende sete municípios do interior da Paraíba). Companhia Paulista de Energia Elétrica - CPEE: 11,56% (atende sete municípios do interior de São Paulo). Companhia Força e Luz do Oeste - CFLO: 12,71% (atende um município do interior do Paraná). Empresa de Eletricidade Vale Paranapanema S.A - EEVP: 9,02% (atende 27 municípios do interior de São Paulo).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.