Aneel autoriza reajuste de 15% para seguro-apagão

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou o reajuste de 15,78% do seguro-apagão, que passa de R$ 0,0057 por Kwh consumido mensalmente para R$ 0,0066 Kwh por mês. Esse valor é válido para os meses de junho, julho e agosto e pode ser revisto novamente em setembro, uma vez que a legislação prevê revisões - para cima ou para baixo - a cada três meses. O seguro-apagão vem sendo cobrado de todos os consumidores desde março do ano passado. A tarifa serve para pagar o aluguel das usinas emergências que foram contratadas para serem acionadas em épocas de crise de energia. De acordo com uma simulação feita pela Aneel, uma residência da área da Eletropaulo que gasta por mês 200 Kwh paga R$ 49,34 pela energia consumida. Com o seguro-apagão, essa despesa sobe para R$ 50,66. Na região da Light, por exemplo, uma residência que tem o mesmo consumo paga pela energia consumida R$ 60,40. Com o seguro, a conta chega a R$ 61,72.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.