Aneel autoriza reajuste de tarifa de energia

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou há pouco o reajuste das tarifas de energia de quatro distribuidoras: CPFL, Cemig, Cemat e Enersul. A partir do dia 8 de abril, os 2,7 milhões de consumidores da CPFL, que opera em 203 municípios do interior de São Paulo, terão as tarifas de energia elétrica reajustadas em 17,13%. Também a partir dessa data, serão reajustas em 16,94% as tarifas da Cemig, que atua em 743 municípios de Minas Gerais, atendendo a 5,1 milhões de consumidores. As tarifas da Cemat, que opera em 126 municípios do Mato Grosso, serão reajustadas em 16,24%. Já as tarifas da Enersul, que opera em 72 municípios do Mato Grosso do Sul, serão reajustadas em 18,24%. Esse reajuste está previsto nos contratos de concessão das empresas e são autorizados anualmente. No cálculo dos índices, a Aneel considera o repasse da variação dos custos que as empresa tiveram no decorrer dos últimos 12 meses. Entre eles está a energia comprada, a conta de consumo de combustível (CCC), a Reserva Global de Reversão (RGR), as taxas de fiscalização e os encargos de transmissão, além dos custos gerenciáveis sobre os quais incide o Índice Geral de Preços do mercado (IGP-M) do período.

Agencia Estado,

05 de abril de 2001 | 14h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.