Aneel autoriza reajuste médio de 5,29% nas tarifas da Elektro

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje reajuste médio de 5,29% para as tarifas da Elektro, e de 1,23% para a Companhia Energética de Brasília (CEB). A Elektro havia pleiteado aumento de 11,84% e a CEB, de 8,59%, em média.Os consumidores residenciais terão redução em suas contas de luz. Na área de atuação da Elektro, na região de Campinas, a redução será de 0,9%. Na área da CEB, no Distrito Federal, a conta cairá 4,78%. Os consumidores industriais, que recebem energia em alta tensão, terão aumento médio de 6,24% na área da Elektro e de 3,22% na área da CEB.O reajuste da CEB entra em vigor na sexta-feira, e o da Elektro, no sábado. A Elektro atende cerca de 1,9 milhão de unidades consumidoras no interior de São Paulo. A CEB fornece energia para aproximadamente 700 mil unidades consumidoras no Distrito Federal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.