Aneel autoriza reajuste para 4 distribuidoras

A Aneel autorizou hoje o aumento de tarifas de energia de quatro distribuidoras. A Celpa (Pará) terá revisão de tarifas de 27,05%. A Escelsa (Espírito Santo) terá suas tarifas reajustadas em 17,30%. As tarifas da Celesc (Santa Catarina) serão elevadas em 25,25% e a Xanxerê (SC) terá aumento de 32,41%. Esses reajustes são médios, uma vez que há porcentuais diferentes para cada categoria de consumidor (residencial, comercial e industrial). Os reajustes autorizados pela Aneel entram em vigor hoje.Os consumidores da Celesc terão, além do aumento de 25,25%, um acréscimo de 2,9% no caso das residências e de 7,9% para as indústrias e comércio. Esses porcentuais referem-se à Recomposição Tarifária Extraordinária (RTE), que foi definida em abril do ano passado para recompor as perdas das distribuidoras com o racionamento de energia.No caso da Celpa, que passa pelo processo revisão tarifária, foi instituído um fator de produtividade (Fator X) de 1,15%. O Fator X é uma mecanismo que permite o repasse para os consumidores dos ganhos de produtividade obtidos pelas empresas e serve para reduzir, na época do reajuste tarifário, o porcentual de aumento determinado pelo IGP-M.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.