finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Aneel confirma que leilão do Madeira terá 3 consórcios

A Agência confirmou as desistências da estatal Eletronorte e do consórcio Norte Energia

Leonardo Goy, da Agência Estado,

30 de novembro de 2007 | 19h04

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) confirmou na tarde desta sexta-feira, 30, que dos cinco grupos inscritos na semana passada para o leilão da hidrelétrica de Santo Antônio, no rio Madeira, apenas três depositaram nesta sexta as garantias e confirmaram sua participação na disputa, marcada para 10 de dezembro. A Agência confirmou as desistências da estatal Eletronorte e do consórcio Norte Energia, formado por Alupar Investimentos (Alusa), Indústrias Metalúrgicas Pescarmona, Schahin Holding, UTC Engenharia e Schahin Engenharia. O edital prevê que as empresas interessadas deveriam depositar hoje garantias equivalentes a 1% do valor total do investimento, ou cerca de R$ 95 milhões. Portanto estão confirmados os grupos: Consórcio Madeira Energia (Odebrecht Investimentos em Infra-estrutura, Construtora Norberto Odebrecht, Andrade Gutierrez, Cemig, Furnas, e fundo Banif/Santander); Consórcio Energia Sustentável do Brasil (Suez e Eletrosul); e Consórcio de Empresas Investimentos de Santo Antônio (Camargo Corrêa, Chesf, CPFL Energia e Endesa do Brasil). De acordo com o cronograma do edital, na próxima terça-feira, 4, os três grupos participantes receberão o treinamento para lidar com a sistemática do leilão. No dia seguinte, os interessados farão uma simulação do leilão, com valores fictícios.

Tudo o que sabemos sobre:
Rio MadeiraLeilão do MadeiraMadeira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.