Aneel: consórcios depositam garantias para Jirau

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou que os dois consórcios inscritos na segunda-feira para participar do leilão da hidrelétrica de Jirau, no Rio Madeira (em Rondônia) depositaram hoje as garantias. Elas apresentaram os documentos à agência, em São Paulo. O depósito das garantias confirma que os dois consórcios participarão da disputa, marcada para a próxima segunda-feira. O depósito é de R$ 87 milhões, o que corresponde a 1% do valor do investimento. Os dois consórcios que participarão do leilão são o Jirau Energia, formado por Odebrecht Investimentos em Infra-Estrutura (17,6%), Construtora Norberto Odebrecht (1%), Andrade Gutierrez (12,4%), Centrais Elétricas de Minas Gerais (Cemig, 10%), Furnas Centrais Elétricas (39%) e Fundo de Investimentos Amazônia Energia II, formado pelos bancos Banif e Santander (20%); e Energia Sustentável do Brasil, formado por Suez Energy (50,1%), Camargo Corrêa (9,9%), Eletrosul (20%) e Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf, 20%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.