coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Aneel define reajustes de tarifas de 4 distribuidoras na quinta

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) definirá na quinta-feira, 3, os índices de reajuste das tarifas de quatro distribuidoras de energia: Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), Iguaçu Energia (SC), Centrais Elétricas Espírito Santo (Escelsa) e Centrais Elétricas do Pará (Celpa). Todos os reajustes começam a valer na próxima segunda-feira, dia 7. A Celesc, que no ano passado reajustou suas tarifas em 14,75%, em média, solicitou à agência um aumento médio de 16,98%. O porcentual definitivo, porém, será definido pela Aneel na reunião da quinta-feira. A empresa serve a 241 municípios catarinenses, incluindo Florianópolis. A Escelsa, que leva energia a 65 municípios no Espírito Santo, incluindo Vitória, pediu que a Aneel autorize aumento de 18,95%, em média, em suas contas de luz. Em 2005, a Aneel autorizou a empresa a reajustar as tarifas em 4,93%, em média. Já a Celpa, que fornece energia para 143 municípios do Pará, inclusive para Belém, pediu à Aneel um reajuste médio de 11,77%. Em 2005, as tarifas da empresa tiveram aumento médio de 4,37%. A Iguaçu Energia, por sua vez, pleiteou aumento médio de 11,79%, um pouco inferior ao reajuste médio autorizado no ano passado, de 13,39%. A empresa leva energia a seis municípios do interior de Santa Catarina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.