Aneel diz que consumidores serão indenizados

Diretor disse que as causas do apagão serão apuradas e os agentes responsáveis receberão sanções

Bernardo Caram, O Estado de S.Paulo

29 de agosto de 2013 | 02h10

O diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Donizete Rufino, disse ontem que as possíveis fragilidades no sistema elétrico que tenham causado o apagão na região Nordeste serão apuradas e os agentes responsáveis por falhas receberão sanções. Rufino esteve na Câmara dos Deputados, em Brasília, para reunião fechada com o presidente da Comissão de Minas e Energia, deputado Eduardo da Fonte (PP-PE). Segundo o parlamentar, durante a reunião, o diretor da Aneel garantiu que os consumidores que tiveram prejuízos decorrentes da falta de energia serão indenizados.

Perguntado se o fato de o incidente ter sido causado por um incêndio poderia isentar a culpa das operadoras, Rufino não quis adiantar uma avaliação. "O incêndio pode ter várias origens. Isso será objeto de uma apuração mais detalhada", afirmou. "Aconteceu uma falha. Agora, se a falha revela alguma fragilidade, alguma falha de operação, algum defeito de processo de restabelecimento da energia, isso será objeto dessa verificação que será feita", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.