Aneel: furto de energia gera perda anual de R$ 5 bi

As perdas e furtos de energia causam um rombo de R$ 5 bilhões por ano ao Produto Interno Bruto (PIB) do setor elétrico, segundo o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Jerson Kelman. O executivo participou hoje de um seminário promovido pela Associação Comercial do Rio de Janeiro sobre o combate ao furto de energia, gás e água das concessionárias no País.Para tentar minimizar esse problema, Cedae, Light, Ampla e a Ceg-Rio assinaram um acordo para buscar soluções conjuntas para a perda de arrecadação das companhias. Juntas, essas empresas registram prejuízo de R$ 853 milhões por ano com furto, sendo que a maior prejudicada é a Light, que deixa de arrecadar quase a metade desse total, R$ 400 milhões por ano.No seminário, as concessionárias revelaram que estão trabalhando pesado para diminuir os chamados "gatos" em suas redes, com iniciativas como a transferência de medidores para locais de difícil acesso. Além disso, a Cedae, por exemplo, defendeu uma estratégia mais combativa, com ações em conjunto com a polícia para reprimir o furto de água.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.