coluna

Louise Barsi explica como viver de dividendos seguindo o Jeito Barsi de investir

Aneel mantém multa a distribuidora por apagão

A diretoria da Agência Nacional de Energia elétrica (Aneel) manteve nesta terça-feira multa de R$ 2,357 milhões aplicada por sua área técnica à distribuidora Manaus Energia. A penalidade, que equivale a 0,3% do faturamento da empresa entre fevereiro de 2005 e janeiro de 2006, deveu-se a falhas detectadas pela Aneel que levaram a um "apagão" que deixou quase toda a cidade de Manaus sem energia, na noite do dia 4 de outubro do ano passado.Segundo relatório da Agência, a interrupção, que começou às 21h15 daquele dia, foi provocada por um curto-circuito na estação Cachoeirinha. Durante o processo de recomposição do sistema, à 1 hora do dia 5, ocorreu novo desligamento geral do sistema, ocasionado pela sobrecarga de um transformador. Isso, segundo a Aneel, ocorreu por falha de operação durante o processo de retomada da energia.Resultado foi que o restabelecimento da carga na capital amazonense só foi concluído às 4h50, o que significa que todo o processo de restauração da energia durou sete horas e meia.Com a manutenção da multa pela diretoria da Aneel, a Manaus Energia não tem mais como recorrer da decisão na esfera administrativa, restando-lhe, agora, somente a via judicial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.