Aneel: para vender Cesp, governo precisa de autorização

Para poder levar adiante o processo de venda da Companhia Energética de São Paulo (Cesp), aprovado na sexta-feira passada pelo Conselho Diretor do Programa de Desestatização (PED), o governo paulista terá que apresentar à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) um pedido de anuência prévia para a transferência do controle da empresa e obter do órgão regulador a aprovação do negócio.Segundo a agência, há cerca de dois anos o governo paulista, que é controlador da Cesp, já havia apresentado um pedido similar e obteve o sinal verde da Aneel para a venda da geradora. O leilão, porém, não chegou a ser realizado. Agora, a diretoria da Cesp consultou a Aneel sobre a possibilidade de aproveitar a mesma autorização, mas a agência exigiu um novo processo de anuência.A Cesp é a terceira maior empresa de geração de energia do País e deverá ser vendida inteira, em um único bloco, incluindo as ações ON e PNB, que pertencem à Fazenda do Estado de São Paulo. A expectativa é de que o leilão ocorra no primeiro trimestre de 2008.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.