Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Aneel: Petrobras cumpriu compromisso com térmicas

O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Jerson Kelman, afirmou que a Petrobras cumpriu o teste de 14 dias, que teve início no dia 31 de agosto, previsto no termo de compromisso firmado entre a estatal e o regulador para as térmicas a gás. "Aquilo que foi prometido ao setor elétrico foi cumprido", disse o executivo hoje, durante o Encontro Nacional de Agentes do Setor Elétrico (Enase), promovido pelo Grupo Canal Energia.De acordo com o diretor, para realização do teste foi exigido que as térmicas da Petrobras despachassem 1,2 mil MW ao sistema. "Até ontem, faltavam 28 MW no Nordeste. Mas em compensação, a Petrobras estava gerando 460 MW em Araucária (PR)", revelou Kelman. Pelo baixo volume não atendido, o diretor da Aneel disse que a Petrobras não estará sujeita à nova multa.O termo de compromisso entre as duas partes foi assinado em maio deste ano. No mês seguinte, a Petrobras descumpriu o acordo, mas não sofreu punição porque não havia penalidade prevista na época. Em julho, houve novo descumprimento e, desta vez, a Aneel multou a companhia em cerca de R$ 80 milhões, penalidade que está suspensa até análise da diretoria da agência. Kelman afirmou que o não-cumprimento da exigência ocorreu por falta de gás nas duas ocasiões.O executivo acrescentou que, a despeito do teste, as térmicas da Petrobras teriam que iniciar operação pelo despacho de ordem do mérito do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) - custo da energia das usinas inferior ao custo marginal de operação. Como essa condição ainda permanece no sistema, as térmicas deverão continuar despachando eletricidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.