Aneel prorroga prazo para cadastro de baixa renda

Os consumidores de baixa renda que querem ter desconto nas tarifas de energia elétrica ganharam mais seis meses para se cadastrar nas distribuidoras de eletricidade. O prazo de cadastramento, que se encerrava no dia 30 de junho, foi prorrogado para 31 de dezembro deste ano pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). O cadastramento será exigido apenas de quem tem consumo entre 80 e 220 kWh mensais e é servido por rede elétrica monofásica. As 12 milhões de residências que consomem até 80 kWh já recebem automaticamente o desconto nas tarifas, o qual pode chegar a 65% do valor normal. Segundo a Aneel, antes de se inscrever nas distribuidoras, os consumidores de baixa renda devem estar inscritos em um dos programas Bolsa Escola, Bolsa Alimentação ou Auxílio Alimentação. Quem não tiver esses benefícios deve se inscrever no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. O cadastro pode ser solicitado nas agências das distribuidoras ou pelo telefone 0800 da empresa. O prazo foi prorrogado mais uma vez porque os usuários que se incluem nesta categoria vêm enfrentando dificuldades para fazer o cadastramento.

Agencia Estado,

02 Julho 2003 | 14h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.