Aneel: reajuste nas tarifas de energia do Rio

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou o reajuste de 15,75%, a partir de amanhã, nas tarifas de energia elétrica da Light Serviços de Eletricidade. Também autorizou o repasse para as contas de luz de 1% do Cofins, cuja alíquota passou de 2% para 3%. Com isso, o aumento a ser pago pelos consumidores de energia da Light será de 16,73%. Esse índice faz parte do reajuste anual, que será dividido em duas partes: 16,73% a partir de amanhã e mais 1,53% a partir de 7 de fevereiro. A agência informou também que, a partir de amanhã, as tarifas de geração de Furnas Centrais Elétricas serão reajustadas em 3,69% pela energia que é comprada pela Light. O reajuste tem o objetivo de fazer coincidirem as datas do reajuste de Furnas e da Light. A empresa atende a 30 municípios na área do Grande Rio - incluindo a cidade do Rio de Janeiro - e parte dos municípios da região sul-fluminense, com um total de 3,184 milhões de unidades consumidoras. A Aneel informou ainda que, por decisão da Light, os 166 mil consumidores de baixa renda - consumo mensal de até 140 kW/h - não terão suas tarifas reajustadas nos próximos seis meses. Esses consumidores são beneficiados com desconto de 65% em suas contas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.