Aneel recebe proposta de energia alternativa

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) colocou em audiência pública, nesta quarta-feira, proposta para aumentar os incentivos aos investimentos em transmissão e distribuição de energia alternativa nos sistemas elétricos isolados (localizados, principalmente, na Região Norte), que substituam o fornecimento de energia gerada por usinas termelétricas que queimam combustíveis fósseis, como diesel e óleo combustível.Segundo a assessoria de imprensa da Aneel, a proposta da Agência consiste em ressarcir, em parcelas mensais, 100% do investimento inicial aplicado nessas obras de transmissão e distribuição - atualmente esse incentivo equivale a 75% do investimento. Os recursos viriam da chamada Conta de Consumo de Combustíveis (CCC), encargo que faz parte da conta de luz de todos os consumidores do País e que é utilizado para subsidiar a compra de combustíveis pelas térmicas dos sistemas isolados.Assim, pela sugestão da Aneel, parte do dinheiro da CCC usado para subsidiar a compra de combustíveis por térmicas seria realocada para incentivar obras de transmissão e distribuição que levariam energia a regiões mais isoladas, em substituição a essas térmicas. A audiência pública se estenderá até o dia 13 de abril. Os interessados podem enviar sugestões à agência por escrito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.