bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Aneel refaz reajuste médio das tarifas da Cemar

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulgou nesta quinta-feira os índices definitivos de reajuste das tarifas da Companhia Energética do Maranhão (Cemar), que começarão a valer na próxima segunda-feira, dia 28. O reajuste médio da receita da empresa com as tarifas será de 14,58%. Para os consumidores residenciais, que recebem energia em baixa tensão, o aumento será de 9,03%. Já as indústrias atendidas pela empresa (que recebem energia em alta tensão) pagarão 16,38% a mais pela energia.Esses índices são ligeiramente superiores aos porcentuais provisórios que haviam sido aprovados na terça-feira pela diretoria da agência. Na ocasião, foi estimado um reajuste médio de 14,49% nas tarifas da empresa, com alta de 8,41% para as residências e de 16,44% para as indústrias.A Aneel recalculou os índices de reajuste da Cemar porque, na reunião de terça-feira, a diretoria da agência decidiu considerar, para efeito de cálculo do reajuste, R$ 4 milhões pagos pela Cemar pelo uso da rede da Companhia Energética do Piauí (Cepisa) que não haviam sido incluídos, inicialmente, pela área técnica da Aneel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.