Aneel: valor adicional de tarifa será repassado em 2015

O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Rufino, esclareceu no início da noite desta quinta-feira, 13, que o cronograma de reajustes anuais das tarifas de energia elétrica para os consumidores seguirá normalmente. Segundo ele, o valor adicional de necessidades do setor que for apurado em 2014 será repassado para as contas de luz a partir de 2015.

EDUARDO RODRIGUES, RENATA VERÍSSIMO, RICARDO DELLA COLETTA, Agencia Estado

13 de março de 2014 | 19h12

Rufino não explicou, no entanto, se esse repasse ocorrerá de uma só vez ou se será escalonado ao longo de mais anos. "Ainda não foi decidido sobre escalonamento dos reajustes", afirmou. Cada companhia de distribuição tem uma data própria para o reajuste, chamado no setor de "aniversário" da tarifa. Nesse momento, no próximo ano, a Aneel calculará a diferença entre os valores de custo de energia previstos em 2014 e os efetivamente pagos pelas empresas, para que a diferença seja incluída nas tarifas.

De acordo com Rufino, o custo a mais em 2014 deve ficar próximo dos R$ 12 bilhões, dos quais R$ 4 bilhões serão aportados pelo Tesouro Nacional e R$ 8 bilhões serão captados por meio de empréstimos no mercado financeiro. Esses são os valores que serão incluídos nas tarifas a partir de 2015. "Normalmente, apenas o reajuste anual resolve o problema econômico das empresas no ano seguinte. Mas agora é necessário antecipar esses recursos porque se trata de um problema financeiro. A solução vem equilibrar questão do fluxo de caixa das companhias", disse Rufino.

Tudo o que sabemos sobre:
energiadistribuidorasAneel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.