Aneel volta a negar adiamento de Belo Monte

BRASÍLIA - A concessionária Norte Energia, dona da hidrelétrica de Belo Monte, em construção no Pará, teve mais uma vez o seu pedido de adiamento das obras rejeitado pela área técnica da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Depois de analisar o novo pedido de reconsideração apresentado pela empresa, a Superintendência de Fiscalização dos Serviços de Geração (SFG) da agência voltou a negar integralmente o pleito da concessionária, para que o cronograma fosse adiado em 460 dias.

André Borges, O Estado de S.Paulo

31 de outubro de 2015 | 02h34

Desde o fim do ano passado, a Norte Energia tenta convencer a diretoria da agência de que suas obras foram prejudicadas por ações alheias à sua vontade, como invasões aos canteiros de obra, greves e demora da própria Aneel em conceder declarações de utilidade pública para terrenos da região, entre outras justificativas.

No fim de abril, baseada em análises de três áreas técnicas, a diretoria colegiada da agência rejeitou o pedido de perdão feito pela Norte Energia. A empresa, no entanto, conseguiu uma liminar na Justiça que a desobrigou de responder pelos compromissos financeiros e de geração de energia decorrentes do atraso.

Por contrato, Belo Monte deveria ter iniciado a geração de energia em fevereiro deste ano. O prazo atual, no entanto, joga essa estreia para o fim de fevereiro do ano que vem, quando as duas casas de força da usina devem entrar em operação, gradativamente.

No despacho concluído duas semanas atrás, a superintendente substituta da SFG, Camilla Andrade Gonçalves Fernandes, afirma que o novo cronograma submetido à agência pela Norte Energia "não condiz com a realidade da obra" e que, por conta disso, "mantém-se o posicionamento de que não deve ser aprovado pela Aneel, não tendo o agente trazido em seu recurso nenhum fato novo que alterasse esse entendimento".

Questionada sobre o assunto a Norte Energia informou que "desconhece a informação a respeito de alguma decisão da Aneel sobre o assunto".

Mais conteúdo sobre:
Belo MonteAneel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.