Anef: inadimplência se manterá entre 4% e 5%

A inadimplência entre os clientes dos bancos das montadoras deve ficar entre 4% e 5% este ano, de acordo com estimativas da Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras (Anef). "Um patamar em torno de 4% seria ótimo para as condições da economia brasileira", afirmou o diretor do Banco Volkswagen, Marcos Vinícius Moya, vice-presidente da Anef. O índice de inadimplência no setor cresceu 3,7% no ano passado em relação a 1999. O índice encerrou 2000 em 4,83%, ante taxa de 4,66% em dezembro do ano anterior. No final de 1996, o percentual de inadimplentes era de 3,40%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.