Anefac espera manutenção da Selic em 16% ao ano

O Comitê de Política Monetária (Copom) deverá manter a Selic, a taxa básica de juros da economia, em 16% ao ano na reunião dos diretores do Banco central que termina amanhã. Esta é a avaliação do presidente da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), Miguel José Ribeiro de Oliveira."Esperamos que o bom senso predomine, mantendo a Selic inalterada e dando um pouco mais de tempo para avaliar melhor o comportamento da inflação", defende a Associação em relatório. A taxa Selic está em 16% ao ano desde a reunião do Copom realizada em abril. Naquele mês, o Comitê reduziu a taxa de 16,25% para 16% ao ano. Mercado financeiro está divididoOs analistas do mercado financeiro estão divididos, de acordo com pesquisa realizada pela Agência Estado está dividido. A maioria conta com uma elevação da taxa básica de juros. Dentro desta perspectiva, no entanto, há uma divisão entre os que acreditam em uma elevação de 0,50 ponto porcentual e os que aguardam uma alta de 0,25 ponto porcentual.De acordo com Oliveira, qualquer uma destas elevações terá pouco efeito prático sobre as taxas, já altas, cobradas na ponta do crédito. "Mas provocará um efeito psicológico negativo que só contribuirá para trazer instabilidade e adiar o processo de crescimento econômico que se inicia", argumentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.