Anefac: juros do crédito continuam em queda

Pesquisa da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac) revela que as taxas de juros em quase todas categorias de crédito sofreram redução. A taxa média que estava 7,60% em janeiro, caiu para 7,43% em fevereiro. O destaque ficou para as operações de empréstimo pessoal pelas financeiras. Os juros caíram de 10,88% em janeiro para 10,04% em fevereiro.Segundo a Associação, o motivo da queda foi a concorrência entre as empresas na disputa pelos clientes, que, tradicionalmente nesta época, têm uma necessidade maior de crédito para pagar contas como: IPTU, IPVA, livros, uniformes e matrículas escolares, e o restante das compras feitas no Natal com cheque pré-datado e cartão de crédito. Recomendações ao consumidorA pesquisa da Anefac apresenta também recomendações importantes para o consumidor. Uma dela é procurar evitar dívidas, crediários, utilização do rotativo do cartão de crédito ou de cheque especial, pois as taxas de juros, mesmo em queda, ainda estão em patamares muito elevados. A Anefac recomenda à pessoa que está com dívidas procurar o credor e propor uma renegociação do prazo e taxa de juros. Muitas empresas ainda não alteraram suas taxas de juros depois da queda da taxa básica, a Selic, e da redução do compulsório, o que torna necessário uma pesquisa de taxas, sempre que necessária a contratação de crédito. Se possível, o melhor é adiar as compras a prazo para que o mercado se ajuste às novas taxas de juros.

Agencia Estado,

13 de março de 2001 | 12h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.