Covid-19

Bill Gates tem um plano para levar a cura do coronavírus ao mundo todo

Anefac: juros do crédito têm leve queda em fevereiro

A maioria das taxas de juros de operações de crédito teve pequena queda em fevereiro, com exceção dos juros de cartão de crédito para pessoa física e de cheque especial para pessoa jurídica. É o que aponta pesquisa divulgada hoje pela Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac).

GUSTAVO URIBE, Agencia Estado

12 de março de 2009 | 19h15

Segundo a instituição, a redução dos juros foi estimulada pelo corte de 1 ponto porcentual da taxa Selic em janeiro e pela expectativa de reduções maiores dos juros básicos - como se confirmou ontem, com a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) de cortar os juros básicos em 1,50 ponto porcentual, para 11,25% ao ano.

Para a pessoa física, a taxa média de juros mensal foi reduzida em 0,10 ponto porcentual em comparação com janeiro, passando de 7,57% para 7,47%. Os juros do crediário, cheque especial e empréstimo pessoal em bancos caíram para 6,24%, 7,85% e 5,54% ao mês, respectivamente.

A média geral para a pessoa jurídica apresentou redução de 0,09 ponto porcentual em fevereiro, com a taxa passando de 4,44% para 4,39% ao mês. Os juros para capital de giro, desconto de duplicatas e desconto em cheque caíram para 3,97%, 3,76% e 3,92%, respectivamente.

Já os juros de cartão de crédito para pessoa física e de cheque especial para pessoa jurídica subiram. Em relação ao cartão de crédito, os juros médios aumentaram de 10,56% em janeiro para 10,68% em fevereiro. A taxa de cheque especial para empresa passou de 5,71% em janeiro para 5,75% em fevereiro.

Tudo o que sabemos sobre:
créditojurosAnefac

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.