Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Anfavea: bicombustíveis são 89% das vendas em julho

As vendas de automóveis e veículos comerciais leves bicombustíveis (flex) somaram 243.406 unidades em julho, com uma participação de 89% na categoria. O resultado indica um declínio em relação ao desempenho de junho, quando a participação dos bicombustíveis era de 89,8% (260.208 unidades). Os dados foram divulgados hoje pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

MICHELLY CHAVES TEIXEIRA, Agencia Estado

10 de agosto de 2009 | 11h16

No acumulado do ano, foram vendidos 1.474.400 veículos flex, o equivalente a 88,4% das vendas de automóveis e veículos comerciais leves no período. Entre janeiro e julho de 2008, a participação dos veículos flex nas vendas era de 87,2%.

Já as vendas internas de máquinas agrícolas no atacado somaram 4.796 unidades em julho deste ano, o que representa uma elevação de 13% ante junho, informou a Anfavea. Na comparação com julho do ano passado, a queda foi de 5,1%.

Empregos

O setor automotivo encerrou o mês de julho empregando 119.598 pessoas, o que representa uma discreta alta, de 0,1%, em relação a junho deste ano. Na comparação com julho do ano passado, a queda foi de 7,5%, segundo a Anfavea.

Em termos porcentuais, a maior baixa no número de empregados ficou com o segmento de máquinas agrícolas, cuja força de trabalho caiu 18,6% na comparação com julho de 2008, passando de 17.423 para 14.187 vagas.

Na mesma base de comparação, a área de autoveículos exibiu um declínio de 5,8% no contingente de empregados no período, saindo de 111.939 para 105.411 funcionários.

Quando os números são confrontados com a posição de junho, vê-se que o quadro de pessoal do segmento de máquinas agrícolas caiu 1,7%, enquanto o de autos teve acréscimo de 0,3%.

Tudo o que sabemos sobre:
Anfaveaveículosvendas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.