finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Anfavea discute com Receita cobrança do IPI do frete

O presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), José Carlos Pinheiro Neto, chegou há pouco ao Ministério da Fazenda onde irá discutir com o secretário da Receita Federal, Everardo Maciel, algumas mudanças no sistema de cobrança do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) do frete e do PIS/Cofins. Segundo Pinheiro Neto, a primeira proposta a ser apresentada ao secretário visa fazer com que as montadoras, e não as concessionárias, recolham o IPI-frete. Para isso, o transporte de veículos passaria a ser contratado pelas montadoras e não pelas concessionárias, como é feito hoje. Numa rápida conversa com jornalistas, Pinheiro Neto argumentou que essa mudança poderá proporcionar uma redução no preço final de venda dos veículos. A segunda proposta visa fazer com que as montadoras recolham o PIS/Cofins de todas as empresas da cadeia produtiva de automóveis. Atualmente as montadoras já recolhem o PIS/Cofins das concessionárias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.