finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Anfavea quer programa de investimento por mais tempo

O presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Moan, fez nesta segunda-feira, 28, um apelo ao secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Márcio Holland, para que o Programa de Sustentação do Investimento (PSI) seja prorrogado além de 2014. O governo já anunciou que o programa será estendido até o próximo ano, com menos recursos e juros maiores, mas ainda não anunciou as condições e há incertezas em relação à continuação do programa após 2014.

GUSTAVO PORTO E RENAN CARREIRA, Agencia Estado

28 de outubro de 2013 | 13h21

"Sobre o PSI, queremos que permaneça não só para 2014 porque é um incentivo à produção de bens de capital para o País",disse Moan, na abertura do Salão Internacional do Transporte (Fenatran), em São Paulo.

O presidente da Anfavea lembrou que com a ajuda do financiamento do PSI o setor de caminhões teve aumento de 14% nas vendas e de 50% na produção, entre janeiro e setembro de 2013 em relação a igual período de 2012. Moan disse ainda que as entidades reunirão as propostas para um programa de renovação de frota de caminhões e farão um projeto único a ser construído pelo setor durante reuniões iniciadas na Fenatran.

Tudo o que sabemos sobre:
AnfaveaPSI

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.