Anglo American precisa de licenças até março

A mineradora Anglo American precisa obter até março de 2011 licenças para algumas etapas de seu projeto de minério de ferro Minas-Rio, no Brasil, para evitar o adiamento do resto do empreendimento. A informação foi dada ontem por Stephan Weber, presidente da Anglo Ferrous Brazil, unidade brasileira da companhia. A empresa depende de licenças do governo de Minas Gerais para instalar um concentrador de minério de ferro e uma barreira de refugos. As licenças estão sujeitas a 212 condições.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.