Angola assina amanhã contratos ‘definitivos’ de pré-sal

Trata-se da primeira concessão relacionada às reservas angolanas de petróleo na camada de pré-sal

Ricardo Gozzi, da Agência Estado,

19 de dezembro de 2011 | 21h00

O governo de Angola assinará amanhã os acordos definitivos com companhias petrolíferas estrangeiras para a exploração de sua camada de pré-sal, informou hoje uma fonte na estatal angolana de petróleo Sonangol. "Eles vão assinar amanhã", numa cerimônia oficial, disse a fonte na Sonangol nesta segunda-feira.

Trata-se da primeira concessão relacionada às reservas angolanas de petróleo na camada de pré-sal, acumulada há milhões de anos sob o leito oceânico e que espelha as recentes descobertas no litoral do Brasil.

O governo de Angola informou em janeiro que os direitos de exploração haviam sido assegurados a companhias estrangeiras, entre elas a ConocoPhillips, a Cobalt International Energy, a Eni SpA, a British Petroleum, a Total e a Repsol YPF.

A fonte na Sonangol disse que o anúncio de janeiro era "preliminar" e estava sujeito a negociações, mas os contratos a serem assinados amanhã serão "definitivos".

As empresas mencionadas foram procuradas, mas recusaram-se a comentar o assunto ou não responderam aos pedidos para que manifestassem.

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
pré-salAngolapetróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.