Angola quer que Opep aumente cota de produção do país

A Angola quer que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) aumente a cota de produção de petróleo do país, que precisa gerar mais recursos para sua economia, disse neste domingo o ministro angolano do Petróleo, José Maria Botelho de Vasconcelos.

ANGELO IKEDA, Agencia Estado

31 de outubro de 2010 | 10h11

Atualmente, Angola produz 1,8 milhão de barris de petróleo por dia, um volume "muito próximo" de sua cota, segundo o ministro. Botelho de Vasconcelos disse esperar que os preços de petróleo se mantenham estáveis. Segundo ele, o preço atual, de cerca de US$ 80 por barril, é bom. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Opeppetróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.