Angra 1 é novamente desligada do sistema elétrico brasileiro

Depois de ficar dois meses forado sistema para manutenção e voltar a operar no último dia 16,a usina nuclear Angra 1 foi novamente desligada do sistemaelétrico brasileiro ao apresentar problemas no motor da bombade refrigeração do reator. Segundo a assessoria de comunicação da Eletronuclear, aprevisão é que a operação da usina, com capacidade instalada de657 megawatts e entrega firme de 520 megawatts, retorne no dia19 de maio. "O desligamento da usina aconteceu normalmente, com ossistemas operando de acordo com os procedimentos apropriados,com segurança para o trabalhador, o público em geral e o meioambiente", informou a Eletronuclear em um comunicado. Em 2007, a usina pioneira no Brasil, inaugurada há 26 anos,teve duas paradas não programadas e outra para reabastecimentode um terço do combustível. Uma nova parada está programada para setembro de 2008,quando serão instalados os dois novos geradores, equipamentosresponsáveis pela produção do vapor que movimenta a turbina. Angra 1 forma com Angra 2 o parque nuclear brasileiro nomesmo local onde será instalada Angra 3. (Reportagem de Denise Luna)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.