Angra 1 sai do sistema elétrico interligado

A usina nuclear Angra 1 saiu do sistema elétrico interligado nacional devido a uma falha da proteção elétrica de uma das bombas de refrigeração do reator, segundo nota divulgada hoje pela Eletronuclear, estatal responsável pela operação da usina térmica. Segundo a nota, "os técnicos da Eletronuclear identificaram a necessidade de substituição do motor da bomba e a previsão é que a unidade retorne à operação no próximo dia 19 de maio". Ainda segundo a nota, o desligamento da usina aconteceu normalmente, com os sistemas operando de acordo com os procedimentos apropriados, com segurança para o trabalhador, o público em geral e o meio ambiente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.