Angra 1 será desligada por 60 dias a partir de sábado

Parada permitirá permitirá que seja realizada a inspeção dos geradores de vapor em operação

Kelly Lima, da Agência Estado,

15 de fevereiro de 2008 | 12h34

A usina nuclear Angra 1 será desligada do Sistema Interligado Nacional (SIN) à zero hora de sábado, informou nesta sexta-feira, 15, a Eletronuclear. O desligamento da usina ocorrerá para reabastecimento de pequena parte do combustível e atividades preparatórias para a substituição dos dois geradores de vapor, em fase final de fabricação na Nuclebrás Equipamentos Pesados (Nuclep). Os novos geradores aumentarão a vida útil da usina em mais 20 anos. A previsão do retorno da usina ao sistema é para 15 de abril.Segundo a Eletronuclear, o desligamento, decidido em acordo com o Operador Nacional do Sistema (ONS), permitirá que seja realizada a inspeção dos geradores de vapor em operação, a instalação de estruturas temporárias, além de medições, marcações e verificações, visando à troca dos equipamentos que será realizada na próxima parada, programada para setembro de 2008.Para a realização da manutenção da usina foram contratadas empresas nacionais e estrangeiras que irão dispor 920 trabalhadores temporários (sendo 200 estrangeiros), para suporte aos técnicos da Eletronuclear na realização das atividades planejadas para o período.

Tudo o que sabemos sobre:
Angra 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.