Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Angra 2 volta a operar depois de 22 dias de paralisação

A usina de Angra 2 voltou a operar normalmente na noite de ontem, após 22 dias de paralisação. A Eletronuclear, responsável pela operação das usinas nucleares brasileiras, decidiu desligar a usina para manutenção de um equipamento. A usina tem capacidade para gerar 1,35 mil megawatts (MW).No dia do desligamento, o coordenador das usinas do complexo de Angra, João Carlos da Cunha Bastos, explicou que técnicos da empresa verificaram a passagem de água acima do normal em uma válvula do circuito primário. "Entendemos que deveríamos aproveitar uma parada para manutenção e resolver de vez o problema desta válvula", disse.Depois de resolvido o problema, a usina operará por apenas 27 dias antes de ser desligada novamente durante outros 30 dias, desta vez para troca de combustível.

Agencia Estado,

09 de abril de 2004 | 17h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.