finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

ANP: apenas 7 dos 32 blocos são arrematados no 9º lote

Apenas sete dos 32 blocos oferecidos no nono lote do leilão da Agência Nacional de Petróleo (ANP) foram arrematados no final desta tarde, somando receita de R$ 150 milhões, referentes a bônus de assinatura. Esta foi a segunda oferta de blocos em águas rasas na Bacia de Santos. Na primeira delas, houve maior disputa, com uma participação agressiva da OGX, do empresário Eike Batista.Nesta etapa, a Petrobras levou quatro áreas, sendo duas delas em parceria com a Companhia Vale do Rio Doce (que tem 30%) e com a norueguesa Maersk (com 30%), uma outra apenas com a Vale (com 40%) e outra sozinha. No total, a Petrobras pagou em bônus de assinatura, juntamente com suas parcerias, um total de R$ 127 milhões.A estreante Karoon levou duas áreas neste lote e um consórcio formado por Norse Energy e Brasoil (50%) arrematou outro bloco. Um terceiro pacote de blocos localizados na Bacia de Santos será ofertado ainda até o final do leilão. A ANP informou que a rodada hoje deverá ser encerrada até as 18 horas. Caso todos os lotes sejam oferecidos até este horário, não haverá necessidade do segundo dia de realização da rodada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.