MARCOS DE PAULA/ESTADÃO
MARCOS DE PAULA/ESTADÃO

ANP aprova 32 empresas para 14ª rodada de licitações

Ao todo, 36 companhias preencheram o formulário de inscrição para participar e quatro ficaram de fora

Fátima Laranjeira, O Estado de S.Paulo

25 Agosto 2017 | 19h12

A Comissão Especial de Licitações da Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) aprovou nesta sexta-feira, 25, a inscrição de mais quatro empresas na 14ª Rodada de Licitações, chegando a um total de 32. A comissão analisou os oito últimos pedidos, dos quais quatro foram aprovados. Outras 28 empresas já haviam sido aceitas nas reuniões realizadas nos dias 9, 16 e 23 de agosto. A 14ª Rodada de Licitações será realizada no dia 27 de setembro, no Rio de Janeiro.

Quatro empresas foram aprovadas na última reunião da Comissão Especial de Licitações. Há uma estrangeira entre as quatro, a Petrogal, de Portugal. As demais - Greenconsult Consultoria Empresarial - EPP, Petroil Oleo e Gas e PetroRecôncavo - são brasileiras. Apenas a Greenconsult não tem contrato de exploração e produção no Brasil.

Ao todo, 36 companhias preencheram o formulário de inscrição para participar e quatro ficaram de fora. A Nord Oil Gas, Tarmar Energia e Participações e Oceangeo Tecnologia de Exploração de Reservatórios do Brasil não foram inscritas pela Comissão Especial e a Petrobal USA Holdings desistiu da licitação.

++ Governo prevê arrecadar R$ 40 bi com a concessão de 57 projetos; veja lista completa

Com a inscrição aprovada, a empresa pode apresentar ofertas somente para os blocos localizados nos setores para os quais tenha efetuado o pagamento de taxa de participação e aportado garantia de oferta. O processo de qualificação das companhias (operadora A, B, C ou não-operadora) só será feito para as vencedoras no dia da sessão pública de apresentação de ofertas, procedimento adotado a partir da 13ª Rodada, realizada em 2015.

Além das quatro empresas aceitas nesta sexta-feira, já estão inscritas Petrobras, CNOOC, Murphy, Queiroz Galvão Exploração e Produção, Great Energy, Imetame Energia, Petro-Victory Energia, Phoenix Empreendimentos, BP Energy do Brasil, DEA Deutsche Erdoel, Exxonmobil, Geopark Brasil Exploração e Produção de Petróleo e Gás, Karoon Petróleo, Muncks & Reboques, Petronas, PTTEP Brasil Investimentos, Repsol, Shell Brasil, Total E&P, Vipetro, Wintershall, Capricorn Brasil Petróleo e Gás, Gran Tierra Energy Brasil, Rosneft Brasil E&P, Tek Óleo e Gás, Parnaíba Gás Natural, Alvopetro e Bertek Produtos, Serviços e Mineração.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.