ANP autua postos por adulteração de combustível

Uma ação de fiscalização deflagrada em 18 de setembro pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) em postos revendedores de combustíveis do Estado de São Paulo já resultou em 92 autuações e em 36 interdições de bombas por conta da constatação de venda de combustíveis fora das especificações.De acordo com informações da ANP, foram averiguados os combustíveis comercializados por 213 postos revendedores, espalhados por 58 municípios do Estado, que tiveram amostra recolhidas para exames pelo Programa de Monitoramento de Qualidade dos Combustíveis da ANP.Segundo técnicos da ANP, as blitze nos postos paulistas deverão continuar até a próxima sexta-feira. "Essa operação foi conseqüência da constatação do aumento da venda de combustível fora das especificações pelo programa de monitoramento", disse um técnico da agência. As principais razões das autuações e das interdições de bombas foram a venda de gasolina com nível de álcool e de benzeno superiores aos determinados pela agência, 25% e 1%, respectivamente. Com as autuações, são abertos processos administrativos que podem resultar em multas de R$ 20 mil a R$ 5 milhões, segundo a ANP.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.