ANP deve fazer mais um leilão de biodiesel este ano

O diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Haroldo Lima, afirmou hoje que o governo pretende fazer mais um leilão de biodiesel ainda em dezembro para compor um estoque para o ano de 2008, quando a mistura do combustível com o óleo diesel na proporção de 2% será obrigatória em todo o território nacional.Segundo ele, o novo leilão deverá adquirir mais 150 milhões de litros, volume que corresponde ao consumo previsto para entre um e dois meses do combustível. Segundo ele, a ANP está se estruturando para fazer uma "fiscalização eficiente" para não deixar que falte o produto no próximo ano.Segundo ele, uma reunião foi realizada na semana passada em Brasília, entre representantes da ANP e do Ministério de Minas e Energia para discutir a situação do biodiesel no País. Ele admitiu que a oferta do combustível está reduzida, mas destacou o fato de que a mistura de 2% ainda não é obrigatória, apesar dos leilões que a ANP realizou."Houve uma série de dificuldades na entrega durante este ano, principalmente relativas à logística. Mas entendemos que essa é uma fase de transição, em que o setor ainda está se adaptando à nova mistura", disse. Segundo fontes das distribuidoras, os produtores estão deixando de entregar o combustível neste final de ano. Isso porque eles optaram por fazer a entrega apenas após o primeiro dia de 2008, quando começa a valer o preço do último leilão, 20% acima do anterior. O diretor da ANP afirmou que as empresas que se comprometeram a entregar o combustível serão penalizadas se não o fizerem, com multas e com a impossibilidade de participar de um novo leilão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.