ANP interdita bombas de postos em SP

A Agência Nacional do Petróleo (ANP) interditou nesta segunda-feira bombas de gasolina em cinco postos revendedores em São Paulo e outro em Sumaré, no interior do Estado. Os postos interditados estavam vendendo gasolina com teor de álcool maior do que o permitido, de 25%, e estarão sujeitos a multa que varia de R$ 20 mil a R$ 5 milhões.Como o álcool é mais barato do que a gasolina, o posto revendedor tem vantagem econômica em vender gasolina com porcentual maior de álcool. Tanto que a maior parte dos postos trabalha com um porcentual de 26% de álcool, dentro da margem de erro estipulada pelo governo.Os postos interditados pela ANP em São Paulo vendiam gasolina com porcentual de álcool entre 29% e 41%. No posto de Sumaré, a fiscalização da agência encontrou 49% de álcool na gasolina. As bombas voltarão a funcionar assim que os revendedores retirarem dos tanques toda a gasolina com excesso de álcool. O processo que define o valor da multa, porém, continuará correndo, segundo a ANP.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.