ANP interdita postos que vendiam gasolina adulterada no Rio

A Agência Nacional do Petróleo (ANP) informou em nota que interditou hoje bombas de abastecimento de seis postos de combustíveis do Estado do Rio de Janeiro que vendiam gasolina adulterada com solventes. Segundo a agência, a irregularidade foi comprovada por exame do combustível em laboratório da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que detectou na gasolina a presença do marcador de solvente. Os postos que sofreram interdições foram autuados pela ANP e estão sujeitos a multa de R$ 20 mil a R$ 5 milhões, prevista na Lei 9.847/99, que dispõe sobre a fiscalização das atividades relativas ao abastecimento de combustíveis no País.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.