ANP qualifica mais 3 empresas para Rodada de Licitações

Com isso, já são dez empresas habilitadas a disputarem os lotes oferecidos pela reguladora

Kelly Lima, da Agência Estado,

10 de outubro de 2007 | 17h36

Mais três empresas foram qualificadas pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) para participarem da 9.ª Rodada de Licitações, que acontecerá nos dias 27 e 28 de novembro. Ao todo, já são dez empresas habilitadas a disputarem os lotes oferecidos pela reguladora. O prazo para a habilitação vai até o dia 18 de outubro. Foram qualificadas nesta leva a Starfish, a W.Washington e a Construtora Cowan. Antes delas já estavam inseridas no processo a BG, BP, Petrorecôncavo, Queiroz Galvão e Vitória Ambiental, Repsol YPF e RAL Engenharia. Apenas a BG, BP e Repsol estão qualificadas para participarem como operadoras A, que podem fazer oferta para qualquer lote. As demais se dividem entre as categorias B e C, respectivamente apenas para áreas onshore (em terra) e águas rasas, ou somente onshore. A 9ª rodada da ANP vai ofertar 312 blocos em 20 setores, totalizando cerca de 97 mil quilômetros quadrados. As áreas estão distribuídas por nove bacias sedimentares: Campos, Espírito Santo, Pará-Maranhão, Parnaíba, Pernambuco-Paraíba, Potiguar, Santos, Recôncavo e Rio do Peixe. Na concorrência serão ofertados 32 blocos na bacia terrestre do Rio do Peixe e na bacia marítima de Pernambuco-Paraíba, ambas áreas consideradas como novas fronteiras. A apresentação será feita pelo superintendente de Promoção de Licitações da agência, Paulo Alexandre Silva; pela superintendente-adjunta de Definição de Blocos da ANP, Kátia Duarte, e pela coordenadora de Meio Ambiente da Agência, Lúcia Gaudêncio. Em Rio do Peixe serão oferecidos 19 blocos em um único setor (SRIOP), totalizando 613,4 quilômetros quadrados, localizados a uma distância média de 430 km do Porto de Suape (PE) e a 230 quilômetros da Bacia Potiguar. A área média de cada bloco é de cerca de 30 quilômetros quadrados. O valor do bônus de assinatura mínimo varia de R$ 8 mil a R$ 22 mil. Na Bacia Pernambuco-Paraíba serão oferecidos 13 blocos em dois setores: SPEPB-AP2 (cinco blocos - 2.992 quilômetros quadrados) e SPEPB-AP3 (oito blocos - 5.013 quilômetros quadrados). A área média dos blocos é de cerca de 600 quilômetros quadrados. O valor do bônus de assinatura varia de R$ 181 mil a R$ 517 mil.

Mais conteúdo sobre:
LicitaçõesANP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.