ANP quer retomar 8ª rodada de exploração de petróleo

O diretor-geral da Agência Nacional de Petróleo (ANP), Haroldo Lima, disse hoje que a agência reguladora do setor petrolífero deve enviar ao Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) um parecer com indicações sobre a possibilidade de retomada da 8ª Rodada de Áreas Exploratórias que havia sido suspensa pela Justiça em 2006. Segundo ele, é intenção da ANP é que o parecer seja avaliado pelo CNPE já no início de maio.Lima afirmou que, no parecer, será indicada a retomada da oitava rodada e a oferta de todos os blocos exploratórios ainda não leiloados. Isso porque, segundo Lima, os blocos localizados na área pré-sal, abaixo do leito marinho, não possuem o mesmo potencial daqueles que foram retirados da Nona Rodada. No leilão do ano passado, o CNPE retirou da Nona Rodada 41 blocos localizados na Bacia de Santos, tão logo a Petrobras anunciou as descobertas em Tupi, considerada uma megarreserva de petróleo, com um volume estimado entre cinco bilhões e oito bilhões de barris. "Na nossa avaliação, os blocos que seriam ofertados na Oitava Rodada estão na franja do pré-sal, com potencial entre 600 milhões e 700 milhões de barris, volume que significa quase nada perto dos oito bilhões de barris localizados em Tupi", disse, durante entrevista no IV Seminário de Petróleo e Gás no Brasil, promovido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.