ANS multa empresas por reajuste indevido

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) aplicou hoje três multas de R$ 25 mil a três operadoras de planos de saúde que reajustaram mensalidades de consumidores sem sua prévia autorização. As operadoras multadas foram Policlínica Santa Amália S/C Ltda., Mam - Montreal Assistência Médica S/C Ltda., e Med Car Saúde S/C Ltda.A Diretora de Fiscalização da ANS, Maria Stella Gregori, garantiu atendimentos a quatro consumidores das operadoras: Plano de Assistência Médica Miller Ltda. e Hapvida - Assistência Médica Ltda. As empresas pediram aprovação da ANS, para rescindir unilateralmente os contratos de quatro de seus consumidores, alegando que teriam omitido doença que sabiam ser portadores por ocasião da contratação de seus planos. Mas a Agência rejeitou a alegação das operadoras, por não terem conseguido comprovar a pré-existência das doenças de seus consumidores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.