António Mexia alerta para risco de apagão no Brasil em 2010

O presidente do Conselho de Administração do grupo Energias de Portugal (EDP), António Mexia, alertou nesta sexta-feira que o Brasil corre o risco de enfrentar uma nova crise de abastecimento de energia elétrica a partir de 2010. Ao falar durante o Fórum Brasil 2007, ele salientou que o setor de geração vai exigir investimentos de R$ 85 bilhões até 2015 para que a oferta de eletricidade seja compatível com o crescimento da economia nesse período. "Mas para isso é preciso que os preços dos leilões de energia nova deixem de ser artificialmente mantidos baixos pelas estatais", disse. "Os subsídios através das estatais reduzem o incentivo aos investimentos."No entanto, segundo Mexia, o grande desafio do governo é remover os obstáculos ambientais para a construção de novas hidrelétricas. "Apenas vinte quatro horas de um leilão não sabemos se uma liminar ambiental foi derrubada ou não", disse. "É um sistema difícil quando se quer investir 300 ou 400 milhões de euros em barragens."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.