ANTT aprova aumento nas tarifas de pedágio da Autopista Fluminense

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aprovou hoje um aumento de 3,03% na Tarifa Básica de Pedágio (TBP) da Autopista Fluminense, de R$ 3,30 para R$ 3,40. A concessionária explora a BR-101 no Estado do Rio de Janeiro, no trecho que vai da divisa com o Estado do Espírito Santo até a chegada à ponte Presidente Costa e Silva, a ponte Rio-Niterói.

LUCI RIBEIRO, Agencia Estado - Texto atualizado às 18h38

10 de fevereiro de 2014 | 07h57

Segundo a resolução publicada no Diário Oficial da União de hoje, a partir da zero hora do dia 14 de fevereiro, a TBP passa de R$ 3,30 para R$ 3,40 nas praças de pedágio P1, em Campos dos Goytacazes; P2, em Conceição de Macabu; P3, em Casimiro de Abreu; P4, em Rio Bonito; e P5, em São Gonçalo.

O reajuste é resultado da aprovação da 6ª revisão ordinária, da 5ª revisão extraordinária do contrato de concessão da rodovia e ainda do reajuste de 5,95% correspondente à variação do IPCA para recomposição tarifária. A resolução publicada no Diário Oficial da União também traz o detalhamento das tarifas a serem cobradas por tipo de veículo.

Tudo o que sabemos sobre:
ANTTpedágioPonte Rio-Niterói

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.